Selfie ajuda polícia a desvendar assassinato de jovem


Uma selfie publicada no Facebook ajudou a polícia de Saskatoon, no Canadá, a desvendar um crime cometido em março de 2015. Assim, nesta segunda-feira (15), Cheyenne Rose Antoine foi condenada por homicídio culposo e sentenciada a sete anos na prisão.
A selfie mostra a acusada ao lado da vítima, Brittney Gargol, de 18 anos, e usando o cinto que foi utilizado como arma para o crime. No tribunal, Cheyenne disse que consumiu álcool e drogas antes de deixar o corpo da jovem em uma estrada ao sul da cidade, perto da localidade conhecida como Cedar Villa Estates.
Ela disse que não se lembrava de ter assassinado a amiga, mas a advogada dela, Lisa Watson, afirmou que sua cliente aceitou a responsabilidade pela morte de Brittney. “Eu nunca vou me perdoar. Foi errado e nunca deveria ter acontecido”, escreveu a acusada em um comunicado lido por Watson no tribunal.
O corpo de Brittney foi encontrado por um transeunte, no dia 25 de março de 2015. Ao lado do cad...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)