Juízes federais planejam paralisação contra fim do auxílio-moradia


Supremo vai julgar ação no próximo dia 22 de março
11.10.2017/Renato Costa/FramePhoto/Folhapress
Os juízes federais estão planejando uma paralisação para o próximo dia 15 de março, uma semana antes de o STF (Supremo Tribunal Federal) julgar ação sobre o pagamento de auxílio-moradia a membros da Justiça Federal.
Atualmente em R$ 4.377,73, o auxílio-moradia é pago a mais de 17 mil juízes, desembargadores, promotores e defensores públicos desde setembro de 2014, quando uma decisão liminar (provisória) do ministro Luiz Fux, do STF, estendeu o pagamento do benefício a todos os juízes federais, incluindo aqueles que possuem imóvel na cidade onde mora.
O presidente da Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil), Roberto Veloso, disse nesta quinta-feira (22) ao R7 que a paralisação será decidida até o dia 28 de fevereiro, quando os mais de 2.000 associados responderão se concordam ou não em cruzar os braços no dia 15 de março....


>>> Veja o artigo completo (Fonte)