Chacina de Osasco: 'Deus fez justiça na Terra', diz mãe de vítima


Wilker Osório foi morto com 40 tiros nos ataques
HÉLVIO ROMERO/ESTADÃO CONTEÚDO
"Deus fez justiça na Terra." Foi assim que Rosa Correia reagiu à sentença que condenou o policial militar Victor Cristilder a 119 anos, 4 meses e 4 dias de prisão por participar da maior chacina da história de São Paulo, que terminou com 17 mortos e 7 feridos em Osasco e Barueri, na Grande São Paulo, em agosto de 2015.
Ele foi o último réu a ser julgado. Em setembro, outros dois Pms e um guarda civil haviam sido considerados culpados pelos ataques.
Rosa Correia é mãe de Wilker Osório, morto com 40 tiros nos ataques. "Estão colhendo o que plantaram." Sentada na área reservada ao público, Rosa chorou no julgamento quando o nome do filho foi mencionado em plenário.
"O enterro foi em caixão fechado, né, dona Rosa?", perguntou a defensora pública Maíra Coracini Diniz, na fase de debates.
Mãe de Fernando Luiz de Paula, Zilda Maria vestia o b...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)