Macarrão deixa a prisão no interior de Minas


Macarrão estava preso em Pará de Minas (MG)
Divulgação / TJMG / Vagner Antônio
O ex-braço direito do goleiro Bruno Fernandes, Luiz Henrique Romão, conhecido como Macarrão, deixou a penitenciária Pio Canedo, em Pará de Minas, na região central de Minas Gerais, na noite dessa sexta-feira (2). Ele conseguiu progressão para o regime aberto e agora vai cumprir o resto da pena em prisão domiciliar.
Em 2012, Romão foi condenado a 15 anos de detenção pelo homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado de Eliza Samudio — ex-amante do goleiro Bruno. A modelo, que teve um filho com o jogador, desapareceu em junho de 2010 e o corpo dela não foi encontrado até hoje.
Leia mais notícias no Portal R7
Macarrão ficou preso por 8 anos, seis meses e 28 dias. Ele estava em regime semiaberto desde 2016, época em que conseguiu autorização para trabalhar em uma igreja de Pará de Minas.
Nessa quinta-feira (1º), o juiz Antônio For...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)