Bailarino de Pirituba vence concurso de dança na Alemanha


Roberto Rackin ganhou bolsa para estudar balé contemporâneo
Reprodução/Facebook
Roberto Rackin, de 17 anos, passou a infância em Pirituba, na periferia de São Paulo. Nasceu com o pé torto congênito e, com apenas nove meses, passou por uma cirurgia. Os nove meses seguintes foram complicados por causa da fisioterapia e da imunidade baixa.
Mesmo assim, ele sempre teve contato com a dança, mas foi ter a primeira aula de balé aos oito anos, quando se mudou para um condomínio que tinha a atividade. Mas foi só por um ano. Ele se mudou novamente com a família e se afastou por cinco anos da arte.
Foi aí que veio a grande mudança de vida. Uma professora de dança, dona de uma escola, assistiu à uma de suas performances e deu bolsa integral para o jovem, que na época tinha 13 anos.
Rackin e sua mãe explicaram que ele tem uma limitação em uma das pernas por causa da cirurgia que fez quando bebê.
— A Paula Firetti, dona da escola que me deu ...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)