Traficante mata rivais com munição do mesmo lote usado para executar Marielle


O traficante Cleyton Passos, o Cleytinho, vai à juri popular por ter assassinado dois bandidos de uma facção rival, em 26 de junho de 2015, no bairro do Pacheco, Rio de Janeiro. A munição calibre 9mm utilizada para cometer o crime seria do lote UZZ-18, o mesmo da munição usada na execução da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, no último dia 14.
De acordo com denúncia do Ministério Público, Cleytinho estava acompanhado de outros criminosos, um deles menor de idade, quando se deparou com os bandidos rivais. O traficante e seus rivais abriram fogo contra os bandidos e fugiram. Wallace Mendes Araújo e Matheus da Silva Carvalho morreram no local.
Ainda segundo o MP, Wallace havia criado letras de funk que desagradaram Cleyton, motivando o crime. O criminoso está respondendo por homicídio qualificado (por motivo torpe) e também por corrupção de menores.
A Delegacia de Homicídio de Niterói e São Gonçalo, que po...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)