Filho recria fotos em homenagem ao pai que morreu há 13 anos


Já são 13 anos de ausência e uma saudade que não passa. Na lembrança, diversos momentos e situações marcaram a vida do estudante de jornalismo Adolfo Queiroz que, aos 26 anos, decidiu recriar algumas fotos como homenagem ao pai, um ex-policial rodoviário que morreu em 2004 em Araraquara (SP).
O soldado Fernando Queiroz tinha 43 anos quando sofreu um infarto seguido de um aneurisma durante o serviço. A fatalidade, que pegou a todos de surpresa, aconteceu três meses antes de ele completar 25 anos na corporação, onde trabalhava como operador de rádio. Na época, Adolfo tinha 13 anos.
“A ausência é doida. Aprendemos a conviver sem ele, mas nunca vamos esquecer das manias, do jeito e de todo amor e proteção que ele a mim, meu irmão e minha mãe”, contou o estudante.
Homenagem Este ano, Adolfo pensou em uma forma criativa de homenagear o pai, após selecionar algumas fotos do policial durante o dia a dia no trabalho: recriar alguns desses mo...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)