WhatsApp contra as fake news, o novo escândalo de Trump e mais


O G1 conseguiu com exclusividade detalhes sobre a 1ª investigação de homicídio aberta contra o médico Denis Furtado, o Dr. Bumbum, preso ontem após a morte de uma paciente. Ele e a mãe foram suspeitos de matar o namorado dela, em 1997. Sinais de fraqueza na economia: pela 1ª vez no ano, o Brasil demitiu mais do que contratou, e o governo reduz mais uma vez a previsão do PIB. Dada a largada para a eleição de outubro. E o novo escândalo envolvendo Donald Trump. O que foi notícia nesta sexta:
A outra suspeita do Dr. Bumbum
Documento mostra perícia ligando Dr. Bumbum e mãe dele, Maria de Fátima, a um homicídio em 1997 (Foto: Reprodução) A morte de uma paciente após um procedimento cirúrgico não é a 1ª investigação aberta contra o médico Denis Furtado e a mãe dele, Maria de Fátima. Eles são suspeitos do assassinato do namorado dela, em 1997. O caso já prescreveu. Na época, a vítima foi encontrada morta na cama com um tiro na cabeça....


>>> Veja o artigo completo (Fonte)