Venezuelanos pedem que Bolsonaro não reconheça posse de Maduro


Manifestantes pedem que o governo brasileiro não os abandone
Divulgação/Governo Federal
Um grupo de venezuelanos se manifestou nesta quinta-feira (10) em frente ao Palácio do Itamaraty em Brasília pedindo ao presidente Jair Bolsonaro que não deixasse seus compatriotas "sozinhos" e exercesse "pressão" sobre o governo de Nicolás Maduro, que inicia um novo mandato.
"Pedimos que o governo brasileiro siga o estipulado pelo Grupo de Lima e não reconheça o governo ilegítimo do ditador Maduro", disse Alberto Palombo, responsável no Brasil do grupo 'Soy Venezuela' (Sou Venezuela, em português), que é integrado por opositores de renome, como o ex-prefeito de Caracas Antonio Ledezma e a ex-deputada María Corina Machado.
Venezuela ameaça Grupo de Lima após sanções ao governo Maduro
Palombo, junto com aproximadamente 20 venezuelanos que vivem no Brasil, entregou ao Itamaraty um documento dirigido ao presidente Bolsonaro e ao chanceler Ernesto Araú...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)