Cristãos presos no Vietnã por se recusarem a saudar Buda


Vietnã aprovou lei que permite controle das religiões
Luong Thai Linh / EFE - 24.12.2012
A polícia do Vietnã prendeu 33 cristãos hmong por se recusarem a saudar Buda e renunciarem sua fé. O caso ocorreu na aldeia de Phá Lóm, na província de Nghệ An, em novembro e relatos feitos à ONG International Christian Concern indicam que outros cristãos foram perseguidos por autoridades policiais seguiram ocorrendo em dezembro.
De acordo com o pastor Hoang Van Pa, que fez a denúncia à ONG, os oficiais montaram um tribunal em praça pública e realizaram um julgamento extra-judicial com os 33 cristãos.
Ele teriam levado uma imagem de Buda e tentado obrigar os cristãos a reverenciarem a estátua. Quatro deles foram espancados pelos policiais.
O Vietnã aprovou, no início de 2018, uma lei que amplia os poderes do governo para controlar as práticas religiosas no país.
Em 2018, mais de 100 crentes foram expulsos da província de Yen Bai e Lao Cai...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)