Protestos contra resultado eleitoral deixam 3 mortos na RD do Congo


Partidários de Tshisekendi comemoram vitória em Kinshasa, capital da RDC
Hugh Kinsella Cunningham / EFE - 10.1.2019
Pelo menos três pessoas morreram nesta quinta-feira em Kikwit, no sudoeste da República Democrática do Congo, depois que a Comissão Eleitoral proclamou o opositor Félix Tshisekedi como vencedor das eleições presidenciais.
O incidente aconteceu pela manhã, quando três jovens foram abatidos enquanto tentavam atacar um posto policial, segundo veículos de imprensa locais, que estimam que o número de mortos poderia ser maior.
"A polícia abriu fogo enquanto uma dezena de jovens tentava saquear suas instalações", disseram ao jornal local Politico ativistas da sociedade civil de Kikwit, reduto do também opositor Martin Fayulu, o grande derrotado nas eleições presidenciais.
Vários grupos de jovens ergueram barricadas para protestar contra a proclamação de Tshisekedi como vencedor do pleito e pelo menos dois ônibus foram incend...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)