Gilmar pede vista e julgamento de pedido de liberdade de Lula é adiado


Julgamento de pedido de liberdade é adiado
Ueslei Marcelino/09.10.2017/Reuters
A Segunda Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) suspendeu, nesta terça-feira (4), o julgamento do pedido de liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva após o ministro Gilmar Mendes pedir vista (prazo maior para análise).
Até o momento, dois ministros votaram: o relator da ação, ministro Edson Fachin, e Cármen Lúcia.
Além de Gilmar Mendes, precisam votar os ministros Celso de Mello e Ricardo Lewandowski. 
No início da sessão, a defesa do ex-presidente pediu pelo adiamento do julgamento. Porém, por 3x2, os ministros decidiram pela continuidade da análise do HC (habeas corpus).
Não há data marcada para novo julgamento.
Suspeição de Moro
A defesa do petista entrou com o habeas corpus (pedido de liberdade) alegando que a indicação de Sérgio Moro para ministro de Justiça e Segurança Pública demonstra parcialidade do magistr...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)