Líder catalão preso pede coragem a premiê espanhol por acordo


Separatistas antes insistiam em não ceder
Reprodução/Flickr
Um líder catalão detido pediu que a Espanha apresente novas propostas para resolver a disputa em torno do status da região separatista, dizendo que os apoiadores da causa não irão necessariamente insistir em um plebiscito de independência, sinalizando uma aparente concessão.
Governo espanhol não aceita que Catalunha tenha presidente exilado
Jordi Sánchez fez um apelo ao primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, que disse estar disposto a promover um referendo para garantir mais autonomia à região e prometeu apresentar planos detalhados no parlamento no dia 12 de dezembro.
"Nós dizemos a Pedro Sánchez: proponha o que quiser, mas proponha alguma coisa", afirmou Jordi Sánchez à Reuters na semana passada, falando por trás de uma proteção de vidro no centro penitenciário de Lledoners, na região de Barcelona.
"Pedimos que ele seja corajoso e tome uma decisão para resolve...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)