Uefa encobriu doping de Sergio Ramos em final da Champions, diz Football Leaks


 Documentos vazados pelo Football Leaks fizeram mais uma vítima nesta sexta-feira (23). Segundo reportagem do diário alemão "Der Spiegel", o zagueiro Sergio Ramos, do Real Madrid (ESP), testou positivo em exames antidoping em 2017, incluindo a final da Champions League contra a Juventus (ITA).
Ainda de acordo com a publicação, a Uefa tomou conhecimento do caso, mas acobertou o defensor e o clube espanhol de possíveis punições.
As amostras recolhidas apontam o aparecimento da substância dexametasona, um corticoide com efeito anti-inflamatório, presente na lista de substâncias proibidas pela Wada (Agência Mundial Antidoping).
A agência prevê que a dexametasona pode ser usada por atletas antes dos jogos, mas que o uso do medicamento deve constar em relatório enviado pelo médico do clube à administração do torneio. Caso não ocorra o aviso, o procedimento passa a ser considerado suspeita de doping e, portanto, passível de investigação....


>>> Veja o artigo completo (Fonte)