Por que há uma guerra no Iêmen e qual é o papel das potências internacionais


A maior parte das vítimas civís foram alvejadas por ataques aéreos das forças da coalizão
Reuters
O Iêmen, um dos mais pobres entre os países árabes, está há três anos numa violenta guerra civil.
Os combates deixaram o país à beira de uma crise de fome devastadora, que, segundo as Nações Unidas, pode estar afetando até 14 milhões de pessoas.
ONGs como a Save The Children acreditam que cerca de 85 mil crianças menores de cinco anos morreram nestes três anos de guerra por desnutrição.
A seguir, explicamos as causas desse conflito e quem são as partes envolvidas.
1. Como começou a guerra?
O conflito tem suas raízes na Primavera Árabe, de 2011, quando uma revolta popular forçou o presidente, Ali Abdullah Saleh, a deixar o poder nas mãos do vice, Abdrabbuh Mansour Hadi.
Supunha-se que a transição política levaria à estabilidade, mas o presidente Hadi enfrentou diferentes problemas, entre eles, ataques da Al-Qaeda e de ...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)