Parentes de presos reclamam de falta de notícias após motim no Rio


Dezoito pessoas são feitas reféns durante rebelião em presídio no RJ
Horas depois da rebelião que chegou a deixar 18 pessoas reféns no presídio Milton Dias Moreira, em Japeri, na Baixada Fluminense, agentes penitenciários faziam, na manhã desta segunda-feira (19), uma barreira para impedir a entrada de parentes que buscavam informações sobre os presos na unidade. O presídio abrigava em janeiro 2027 presos, apesar da capacidade de 884 detentos. Uma esposa de um deles reclamou da falta de informações sobre os baleados e feridos. "Na televisão, a gente ficou sabendo que teve três pessoas baleadas. Quem foram essas três pessoas? Eles não informam o nome de quem está vivo, se tem alguém morto. Trancaram a cancela que nunca fica trancada, a gente pode subir, chegar lá em cima e pedir informação, tratando a gente como lixo como sempre mas dando informação", afirmou ela, que não quis se identificar. Neste domingo (18), quem tomou a frente das nego...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)