Na Câmara, Ciro não apresentou projetos e faltou a 45% das sessões


Ciro integrou duas comissões quando foi deputado
Dida Sampaio/Estadão Conteúdo - 4.3.2009
Durante a campanha à Presidência da República, Ciro Gomes (PDT) fez questão de ressaltar sua experiência no Executivo, como prefeito de Fortaleza e governador do Ceará, e também no Legislativo, incluindo um mandato de deputado federal (2007-2010).
No entanto, nesse cargo, foi um parlamentar pouco atuante. Em quatro anos, ele não apresentou um projeto de lei e esteve ausente em quase metade das votações e discussões no plenário.
O site da Câmara mostra que das 353 sessões plenárias, Ciro, à época eleito pelo PPS, não compareceu a 160 delas (45,3%). Houve justificativa para 110 das ausências.
Uma flexibilização do regimento interno da Casa permite que a Mesa Diretora abone as faltas. Com isso o parlamentar não é descontado e também não sofre punições — quem faltar a um terço das sessões sem justificar pode ter o mandato cassado.
Na...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)