Família contesta versão da PM sobre morte de jovem


No domingo, 5, um adolescente de 14 anos foi morto com um tiro no pescoço pela Polícia Militar em Santo André, no ABC paulista. Parentes e amigos do jovem contestam a versão da corporação de que a vítima teria reagido a uma abordagem policial e estaria envolvida no furto de uma motocicleta.Luan Gabriel Nogueira de Souza foi atingido pelo disparo de um cabo da corporação enquanto estava em uma viela e conversava com amigos no domingo. Testemunhas afirmam que PMs tentaram forjar um tiroteio. Luan foi enterrado ontem sob forte comoção.
De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais Adilson Antonio Senna de Oliveira e José de Souza realizavam patrulhamento no Parque João Ramalho, em Santo André, após o registro de furto de uma motocicleta do pátio da prefeitura. Na Travessa 7 da Rua Paraúna, teriam visualizado jovens desmontando o veículo, momento em que esses suspeitos trocaram tiros com a guarnição.
A versão é contestada pela família, q...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)