Facebook diz que fez progresso na remoção de conteúdo extremista


Empresa está sob pressão de autoridades americanas e europeias
Reuters/Benoit Tessier - 27.11.2017
O Facebook disse na quarta-feira (29) que está removendo 99% do conteúdo relacionado aos grupos militantes Daesh (também conhecido como Estado Islâmico) e Al Qaeda antes de ser informado sobre eles, enquanto se prepara para uma reunião com autoridades europeias sobre combate ao conteúdo extremista online.
Oitenta e três por cento do “conteúdo terrorista” está sendo removido dentro de uma hora da postagem, escreveram a chefe de administração global de políticas, Monika Bickert, e o chefe de políticas contra terrorismo, Brian Fishman, em uma mensagem em um blog.
A maior rede social do mundo, com 2,1 bilhões de usuários, tem enfrentado pressão nos Estados Unidos e na Europa para lidar de modo mais eficiente com conteúdo extremista em sua plataforma.
Em junho, o Facebook disse que aumentou o uso de inteligência artificial, tal como a com...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)