Dono de loja de carros reencontra clássico comprado pelo pai há 18 anos


Muita gente leva meses para encontrar o carro que procura. Para o colecionador e dono de loja de carros antigos Mauricio Marx, a espera pela Lotus Seven 1961 foi um pouco mais longa, de 18 anos.
Em 1999, seu pai, o colecionador Flavio Marx, negociou a compra do esportivo, o único exemplar do modelo no Brasil. “Depois de comprar, ele viajou para a Europa e combinou de acertar o pagamento e retirar o carro na volta”, conta Marx. Flavio, no entanto, morreu dias depois do retorno, antes de conseguir concretizar a aquisição. Mauricio, na época, tinha conhecimento do Lotus, mas não sabia detalhes da negociação e acabou não procurando o vendedor.
“Meu pai gostava de fazer surpresa. Ele comprava um carro e não falava nada. Aí chegava do nada [com o carro] em casa. A Lotus provavelmente seria uma dessas surpresas”, conta Mauricio.
Passados 18 anos, o empresário foi procurado pelo dono do veículo em 2017 e o comprou há cinco meses. “Ele me diss...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)