Índice de preços ao produtor na China desacelera em novembro para mínima em quatro meses


Por Stella Qiu e Kevin Yao
PEQUIM (Reuters) - A inflação ao produtor na China desacelerou para uma mínima de quatro meses em novembro, à medida que a atividade manufatureira enfraquece devido aos esforços atuais do governo para reduzir a poluição, arrefecendo a demanda de fábricas por matérias-primas.
Os preços ao produtores subiram 5,8 por cento em relação ao ano anterior - a menor alta desde julho, informou o National Bureau of Statistics no sábado. O aumento foi ligeiramente inferior às expectativas do mercado e da alta de 6,9 por cento registrada em outubro.
     Os analistas entrevistados pela Reuters previram que o índice de preços aos produtores em novembro subisse 5,9 por cento ante novembro do ano passado, em desaceleração devido à forte base de comparação do ano anterior.
"O mecanismo de proteção ambiental pode afetar a produção de empresas, desacelerando a demanda por matérias-primas", disse Wen Bin, economista do ...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)