Justiça converte em preventiva prisão de homem acusado de matar pai e filho no Jardim Botânico


O Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDF) converteu a prisão em flagrante de Roney Ramalho Sereno para preventiva. Ele é acusado de matar pai de filho na noite da última sexta-feira (8), no Condomínio Estância Quintas da Alvorada, no Jardim Botânico.
De acordo com a decisão da magistrada Luana Lopes Silva, “o caso se reveste de especial gravidade porque o autuado praticou dois homicídios, contra pai e filho, seus vizinhos há alguns anos, havendo notícia de que teriam sido realizados cerca de 7 ou 8 disparos de arma de fogo, de modo que tudo indica a crueldade e frieza do acusado na prática do delito, assemelhando-se a hipótese a uma execução”.
A decisão destaca ainda que o crime praticado por Roney teria sido premeditado, uma vez que ele teria enviado anteriormente um envelope às vítimas com uma munição. O documento ressalta que Roney teria “realizado os fatos na frente do filho/irmão das vítimas, a quem também teria amea...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)