Varejo começa a contratar pela nova lei trabalhista


Salário varia de acordo com horas trabalhadas
Marcos Santos/USP Imagens
Este será um fim de ano diferente para os trabalhadores do comércio. Pela primeira vez, as grandes redes de lojas estão admitindo funcionários com contrato de trabalho intermitente, modalidade que foi criada pela nova lei trabalhista, em vigor há um mês.
Esses empregados atuam apenas quando são convocados e o salário varia de acordo com o número de horas trabalhadas - o que permite, no caso do varejo, a contratação de profissionais para prestar serviços em datas especiais, com maior fluxo de clientes nas lojas ou em dias específicos.
O Magazine Luiza, gigante do varejo de móveis e eletrodomésticos foi uma das primeiras redes a admitir trabalhadores intermitentes.
Foram 1.750 contratações divididas entre as 830 lojas e os centros de distribuição. "Já usamos na Black Friday, vamos utilizar essa mão de obra na semana do Natal e na Liquidação Fantástica de janeir...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)