Quarenta pessoas foram atendidas com queimaduras entre Natal e Ano Novo

*Com informações de Maurício Freire, repórter da RICTV Curitiba Em 10 dias quarenta pessoas foram atendidas com queimaduras causadas por fogos de artifício no Hospital Evangélico de Curitiba. O número de vítimas na Grande Curitiba aumentou se comparado com o mesmo período do ano passado. O caso mais grave foi de um homem de 41 anos que perdeu a perna ao tentar chutar para longe uma bateria de fogos que virou na sua direção. Ele continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Evangélico e corre risco de morte. Assista à reportagem do Paraná no Ar: Leia também:  Mãe, filha e afilhado morrem em grave acidente em Três Barras do Paraná Criança baleada esperou vaga no SUS por quase 4 horas, diz hospital Réveillon tem dois mortos por afogamento no litoral do PR