Jovem mata namorado, alega legítima defesa e é espancada na BA


A suspeita do crime disse que era agredida constantemente por Samuel e alegou legítima defesa
Reprodução
Um jovem de 17 anos foi morto a facadas, em uma aldeia indígena no sul da Bahia, na tarde deste sábado (27). De acordo com a Polícia Civil, a namorada do rapaz, uma mulher que não teve a idade revelada, confessou o crime e alegou legítima defesa.
De acordo com informações do delegado Moíses Damasceno, coordenador da Polícia Civil na região, Samuel Braz Bonfim foi morto durante uma briga com a companheira, em Coroa Vermelha, distrito de Santa Cruz Cabrália.
Conforme o delegado, após o ocorrido, a suspeita do crime disse que era agredida constantemente por Samuel e alegou legítima defesa, ao confessar que esfaqueou o jovem.
Segundo Damasceno, após o crime, a mulher foi agredida por populares e levada para o Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, com ferimentos graves.
Não há detalhes do estado de sa...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)