Suspeitos de integrar milícia são presos em Maricá


Apontado como um dos homens fortes da milícia que atua em Maricá, região metropolitana do Rio, João Paulo Firmino também é suspeito de assassinar cinco jovens. O crime aconteceu em um condomínio do 'Minha Casa, Minha Vida'. Para a polícia, a forma como os jovens foram executados é uma tentativa da organização de intimidar os moradores do local. Testemunhas contaram que durante a execução ouviram um suspeito gritando "aqui é milícia, não é bagunça". De acordo com a delegada Barbara Lomba, durante as investigações, não foram identificados qualquer relação dos jovens com ato infrácional. O crime, que ficou conhecido como "Chacina de Maricá", aconteceu no dia 25 de março. Sávio de Oliveira Vitipó, de 20 anos; Mateus Bittencourt da Silva, de 18; Marco Jonathan, de 17; Patrick da Silva Diniz e...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)