Partido quer desistir de ação sobre 2ª instância que poderia livrar Lula


Pedido do PEN no Supremo pode beneficiar Lula
Felipe Rau/Estadão Conteúdo - 7.4.2018
O presidente nacional do PEN/Patriotas, Adilson Barroso, afirmou à reportagem nesta segunda-feira (9) que pretende retirar a ação do partido que questiona no STF (Supremo Tribunal Federal) a prisão em segunda instância e poderia beneficiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 
Os advogados do partido se reuniram para avaliar como desistir da liminar que pede a suspensão de prisões de condenados em segunda instância na ADC (Ação Declaratória de Constitucionalidade) 43. O PEN ingressou com a cautelar na Corte na semana passada.
"Se tiver jeito de retirar, eu retiro", disse Barroso. "Se não tiver jeito, o que vou fazer? A lei é igual para todos. Eu não entrei pelo Lula. Entramos com esse processo há dois anos pensando na sociedade e não em petista, até porque sou de direita. Nunca defendi petista, nunca gostei do PT. Lula não tinha processo contra e...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)