Osso de 3 cm aponta que humanos saíram da África bem antes do que se pensava


Estudo mostra que humanos já viviam na Arábia Saudita há 85 mil anos
Foto: Ian Cartwright
Um osso de um dedo da mão, de três centímetros, está fazendo com que cientistas repensem o que se sabia sobre as primeiras migrações dos humanos modernos.
Pesquisadores descobriram, a partir da análise do osso atribuído a um Homo sapiens, que já havia humanos vivendo na região que hoje conhecemos como Arábia Saudita há aproximadamente 85 mil anos. Até agora, acreditava-se que o Homo sapiens só começou a viver continuamente fora da África há 60 mil anos.
Esse achado reforça as evidências de que a migração se espalhou para além do continente africano muito antes do que se pensava. Pesquisas anteriores relataram decobertas semelhantes em Israel, China e Austrália, algumas delas datadas de cerca 180 mil anos.
A nova pesquisa, assinada por 30 cientistas de diferentes universidades, foi publicada na revista científica Nature Ecology and Evolutio...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)