Barracão de escola de samba pega fogo na zona norte do Rio

Este é o segundo incêndio de grandes proporções nesta semana no Rio

Reprodução RecordTV Rio

Um incêndio em um barracão da escola de samba Império da Tijuca, na Avenida Brasil, no sentido Centro, causou a interdição da pista por cerca de 1h30 durante a manhã desta quarta-feira (2).

Bombeiros do quartel de São Cristovão, Vila Isabel e da Central foram até o local e conseguiram controlar o fogo, que provocou uma grande quantidade de fumaça preta.

Não houveram feridos e uma das faixas já foi liberada. Ainda assim, agentes da CET-Rio (Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio de Janeiro) estão no local controlando o trânsito, que segue lento no trecho de São Cristovão.

De acordo com a escola, o espaço estava cedido para as agremiações Unidos da Ponte, da Série A, que perdeu algumas esculturas e uma alegoria, e Lins Imperial, da Série B, que não teve prejuízos. A Império da Tijuca afirmou, ainda, que suas peças e alegorias são produzidas em outro lugar, não tendo sofrido prejuízo algum.

Ainda em nota, a escola afirmou que, segundo testemunhas, o incêndio foi iniciado por moradores de rua, que atearam fogo em objetos que se encontravam do lado de fora do galpão.

Por fim, foi afirmado que a Defesa Civil iniciará a perícia para averiguar a origem do incêndio na próximo quinta-feira (3).

Incêndio no depósito

Durante a manhã da última terça-feira (1), um outro grande incêndio ocorreu no depósito da rede de drogarias Pacheco, na Pavuna, zona norte do Rio. De acordo com a empresa, não houve feridos.

A fumaça chegou a centenas de metros, sendo vista por municípios vizinhos a quilômetros de distância, como Nilópolis e São João de Meriti.

Assista ao vídeo abaixo


*Estagiário do R7, sob supervisão de Odair Braz Jr.