Rio de Janeiro e São Paulo já operam com 70% da frota de ônibus

Caminhões-tanque são escoltados para abastecerem postos de combustível

Caminhões-tanque são escoltados para abastecerem postos de combustível

Correio do Povo - Cidades

Em São Paulo, por causa da greve dos caminhoneiros que já segue pelo 9º dia consecutivo, a frota de ônibus da capital foi reduzida, nesta terça-feira (29), porém, ela já é maior do que na semana passada. A SPTrans (São Paulo Transporte) informou que a cidade está operarando com 60% a 70% dos coletivos.

Apenas as empresas que operam as linhas noturnas, que circulam a partir da 00h na cidade, tiveram a autorização da prefeitura para funcionar com 50% dos veículos.

Prefeitura de SP diz que tem combustível somente até terça-feira

O aumeto da frota de ônibus em São Paulo durante a semana aconteceu porque o Comintê de Gerenciamento de Crise, criado pela prefeitura, conseguiu cerca de 1,5 milhão de litros de combustível o que garante o funcionamento de alguns serviços do município.

Com escolta da PM, o combustível chegou a 14 postos exclusivos para os serviços públicos, assim, o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), o Serviço Funerário Municipal, a Defesa Civil, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), a Assistência Social e a GCM (Guarda Civil Metropolitana) conseguem circular nesta terça-feira (29).

Governador de SP: ‘falta clareza’ da Presidência para acabar com a greve

Para facilitar a mobilidade pela cidade, a CET suspendeu o rodízio veicular até o final desta semana. E não será dado multa para os motoristas que tiverem pane seca, quando acaba o combustível e o veículo deixa de funcionar. Os agentes estão instruídos para ajudar a retirar os carros da via.

O transporte público por trilho funcionará com horário estendido. As estações do Metrô e da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) funcionarão das 4h às 1h, operando com 100% da frota dos trens.

Rio de Janeiro

A situação na capital carioca também está melhorando. O BRT Rio já está em fase de normalização do transporte. A partir das 14h desta terça-feira (29), voltaram a funcionar os serviços do trecho entre Madureira e Fundão. E após às 16h, começará a operação dos articulados que atendem a estação Galeão. As 40 estações desses trechos estavam fechadas desde quinta-feira passada (24).

BRT promete operar com capacidade total até fim do dia

A Rio Ônibus disse que estava circulando com 71% da frota na capital desde às 13h desta terça-feira (29). Disse também que as empresas que operam as linhas na cidade precisam de mais de 760 mil litros de óleo diesel, e que dependem da entrega do comsbutível nos postos.

A Fetranspor (Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro) informa que, com a retomada gradativa do abastecimento de combustível com o apoio das forças de segurança, as empresas de transporte estão cada vez mais próximas de normalizar a operação em todo o Estado.

*Estagiário do R7, com supervisão de Ingrid Alfaya