Esquema mais usado na primeira rodada da Copa do Mundo foi o 4-2-3-1

Brasil, de Tite, atuou no 4-1-4-1 contra a Suíça e não saiu do empate Crédito: Lucas Figueiredo / CBF / Divulgação / CP memória

Correio do Povo - Cidades

A primeira rodada da fase de grupos da Copa do Mundo de 2018 se encerrou nesta terça-feira com os jogos do Grupo H. O Correio do Povo fez um levantamento dos esquemas táticos usados pelas 32 seleções O 4-2-3-1 foi o mais utilizado, sendo adotado por 12 equipes. O Mundial da Rússia teve pouca variação tática na primeira rodada. Outras 13 equipes usaram esquemas que podem ser considerados variações do 4-2-3-1, o 4-4-2 em linhas (usado por sete seleções), o 4-1-4-1 (adotado por cinco times) e o 4-4-1-1 (uma equipe). A formação com linha de cinco defensores que causou tanta preocupação ao técnico da Seleção Brasileira Tite após o empate com a Inglaterra em amistoso foi usado por apenas duas seleções. Além dos ingleses, apenas a Costa Rica adotou essa formação defensiva. Uma seleção, a Bélgica, usou uma linha de três defensores no ofensivo 3-4-2-1 do técnico Roberto Martínez. ••• Confira os esquemas utilizador por cada seleção na primeira rodada da Copa do Mundo • Grupo A Rússia: 4-2-3-1 Arábia Saudita: 4-1-4-1 Uruguai 4-4-2 Egito: 4-2-3-1 •• Grupo B Portugal 4-4-2 Espanha 4-3-3 Irã 4-1-4-1 Marrocos 4-3-3 • Grupo C França 4-3-3 Austrália 4-2-3-1 Dinamarca 4-2-3-1 Peru 4-2-3-1 • Grupo D Argentina 4-2-3-1 Islândia 4-4-2 Croácia 4-4-2 Nigéria 4-2-3-1 • Grupo E Brasil 4-1-4-1 Suíça 4-2-3-1 Costa Rica: 5-4-1 Sérvia: 4-2-3-1 • Grupo F Alemanha 4-2-3-1 México 4-4-1-1 Suécia: 4-4-2 Coreia do Sul 4-3-3 • Grupo G Bélgica 3-4-2-1 Panamá 4-1-4-1 Inglaterra 5-3-2 Tunísia 4-1-4-1 • Grupo H Colômbia 4-2-3-1 Japão 4-2-3-1 Gana 4-4-2 Polônia 4-4-2