Nem da Rocinha é condenado a 66 anos por duplo homicídio


Nem da Rocinha foi preso em 2011 na mala de um carro
Wilton Junior/10.nov.2011/Estadão Conteúdo
Antônio Francisco Bonfim Lopes, conhecido como Nem da Rocinha, foi condenado pelo Conselho de Sentença do III Tribunal do Juri, na noite da última quarta-feira (5), a 66 anos de prisão por homicídio qualificado e ocultação de cadáver da modelo Luana Rodrigues, 20 anos, e sua amiga Andressa de Oliveira, 25 anos, em maio de 2011.
Outras três pessoas também foram julgadas pelos crimes contra Luana e Andressa. Thiago Chreu foi condenado a 30 anos e quatro meses de prisão, enquanto Anderson Mendonça e Rodrigo Belo Ferreira foram absolvidos.
Na sentença, a juíza Tula Corrêa de Mello destacou o poder que Nem da Rocinha tinha na comunidade e sobre seus comandados, além das diversas formas como o principal acusado impedia o Estado de exercer suas funções de soberania.
Nem da Rocinha e os outros citados no crime já cumprem penas por outros crimes em...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)