Ex-governador Beto Richa fraudou licitação de R$ 70 milhões, diz MP Justiça manda Richa e mulher para unidade da PM


O Ministério Público do Paraná (MP-PR) considera que o ex-governador do estado Beto Richa (PSDB) e atual candidato ao Senado é chefe de uma organização criminosa que fraudou uma licitação de mais de R$ 70 milhões para manutenção de estradas rurais, em 2011.
Ex-governador do Paraná, Beto Richa é preso pelo Gaeco
Políciais prendem ex-governador do Paraná, Beto Richa, do PSDB. De acordo com a Justiça, o esquema criminoso funcionava a partir do aluguel de máquinas da iniciativa privada. A ideia, conforme despacho do juiz Fernando Bardelli Silva Fischer, da 13ª Vara Criminal de Curitiba, era fraudar a licitação para que as empresas envolvidas ganhassem o contrato superfaturado. O G1 entrou em contato com a assessoria de Beto Richa, mas não teve retorno até a última atualização desta reportagem. Os promotores afirmam que o acordo com empresários beneficiados pela licitação previa o pagamento de 8% a agentes públicos, a título de propina, ...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)