Agressor de Bolsonaro disse que temia ser fuzilado após ataque ANDREIA SADI: General Mourão quer assumir comando da campanha

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp
Agressor de Jair Bolsonaro disse em depoimentos que achava que seria morto após atentado

Agressor de Jair Bolsonaro disse em depoimentos que achava que seria morto após atentado

Após o atentado contra o candidato à Presidência Jair Bolsonaro, o Fantástico mostra como estão as investigações e responde: quem é o agressor, Adélio Bispo de Oliveira? E por que ele fez isso?

Nossa equipe conversou com pessoas que estavam no momento do ataque, com a família de Adélio e com pessoas que conheceram e conviveram com ele. Uma mulher que o conheceu há 24 anos em Santa Catarina revela que ele lhe dizia que ouvia vozes.

Nos depoimentos à Polícia Federal, Adélio Bispo disse que acreditava que, depois do atentado, seria fuzilado pela polícia, e que não sairia vivo.