Edição em comemoração aos 50 anos de Woodstock terá pop e hip hop


Criador Michael Lang declarou já ter mais de 40 artistas contratados para evento em agosto
Jornal Opção
Jornal Opção
Foto: Divulgação
Há 50 anos, lendas como Jimi Hendrix, Janis Joplin, Joe Cocker e Creedence Clearwater Revival subiram ao palco diante de 400 mil pessoas, no festival que entraria para a história como símbolo da contracultura do final da década de 1960 e começo de 70. Pois em 2019, o Woodstock estará de volta.  Michael Lang, um dos criadores do festival, anunciou a realização da edição em comemoração aos 50 anos do evento.
Serão três dias de apresentações marcados para 16 a 18 de agosto, no vilarejo de Watkins Glen, em Nova York, segundo informações da revista “Rolling Stone”. Nenhum nome foi confirmado ainda, mas Lang disse já ter mais de 40 artistas contratados. “Terá hip hop e rock, algum pop e algumas bandas antigas do festival original”, explicou.
Os ingressos para a nova edição do Festival de...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)