Marcelo Odebrecht pede que ação por Instituto Lula seja suspensa


O empresário Marcelo Odebrecht
Piti Reali/19.01.2009/Estadão Conteúdo
O empresário Marcelo Odebrecht, ex-presidente do Grupo Odebrecht pediu a suspensão da processo contra ele na ação penal sobre supostas propinas da empreiteira para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que incluiriam um terreno para abrigar o Instituto Lula e um apartamento em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. A medida, caso seja concedida, vale apenas para o empresário.
Na petição, juntada ao processo nesta quarta-feira (9), a defesa de Odebrecht diz que seu acordo de colaboração determina a suspensão das ações penais contra ele após a superação de 30 anos de condenação.
Conforme os advogados lembram no documento, o empresário já foi condenado a mais de 40 anos. Ele ficou preso em regime fechado entre 23 de junho de 2015 e dezembro de 2017, quando passou para regime domiciliar.
A argumentação é a mesma usada pela defesa de Odebrecht nas alega...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)