Justiça mantém tornozeleira em Chico Lima


Chico Lima
Gazeta Digital
O juiz Jorge Tadeu Rodrigues, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, negou no dia 2 de outubro pedido do procurador aposentado em Mato Grosso, Francisco Gomes de Andrade Lima Filho, o Chico Lima, que buscava a revogação de medidas cautelares impostas em seu desfavor, visando principalmente a retirada de tornozeleira eletrônica.  
Leia também - Juiz retoma processo contra Faiad, Silval e mais 9 por desvios de R$ 8 milhões
A tentativa de escapar das cautelares foi oferecida em ação proveniente da Operação Sodoma, processo proposto pelo Ministério Público em desfavor de Silval Barbosa, Pedrol Nadaf, Marcel de Cursi, Silvio Cezar Corrêa Araújo, Arnaldo Alves de Souza Neto, Afonso Dalberto, Antônio Rodrigues Carvalho, Levi Machado de Oliveira, Alan Malouf, João Justino Paes de Barros e Valdir Piran.   
Em seu pedido, Chico Lima tentava demostrar ausência de necessidade para manutenção das medidas incialmente impostas ...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)