Operação no Complexo da Penha tem homens detidos e um morto após troca de tiros com a polícia

Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Três pessoas foram detidas, dentre elas, um adolescente, e uma delas foi baleada em operação policial realizada no Complexo da Penha nesta terça-feira (04). O baleado, identificado como John Lennon Carvalho, de 26 anos, morreu.

De acordo com a Polícia Militar, ele teria efetuado um disparo contra uma viatura. A PM teria revidado e atingiu o suspeito. Jhon Lenon foi levado para o Hospital São Lucas, em Vitória, e não resistiu aos ferimentos 

A operação ocorre após confusão no Complexo da Penha (composto por Bairro da Penha, Bonfim, Gurigica, Itararé, São Benedito), em Vitória, na noite desta segunda (04), a Polícia Militar realizou operação chamada de "saturação", com grande quantidade de militares no local, além do cumprimento de mandados nos bairros.

Além dos detidos, a PM apreendeu drogas, dinheiro e duas pistolas ponto 40, que são de uso exclusivo das forças armadas.

Coletiva

O comandante-geral da Polícia Militar, Coronel Alexandre Ramalho, afirmou que a operação aconteceu em 17 pontos do Complexo da Penha e contou com o efetivo de mais de 100 policiais militares. O secretário de Estado de Segurança Pública (Sesp), Nylton Rodrigues, afirmou que a polícia está presente em todos os morros da capital.

Educação efatada

A Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) afirmou que os alunos da instituição foram liberados às 16h desta-feira, em função da operação. A atividades do período noturno foram suspensas na universidade, mas as aulas estão mantidas para esta quarta-feira no campus Maruípe.

Já a Secretaria de Educação da Prefeitura de Vitória informou que as atividades nas EMEF's João Bandeira e Paulo Roberto Vieira não foram suspensas em função da operação. Durante a tarde desta terça-feira, (04) alguns pais de alunos do Cmei Carlos Alberto Martinelli e Emef Ceciliano Abel de Almeida solicitaram que os alunos saíssem mais cedo das instituições. Ainda de acordo com a secretaria, o funcionamento das escolas será normal.