Pai de jovem torturado ataca suposto agressor

Um homem foi preso, nesta sexta (29), por esfaquear um suspeito de participar da sessão de tortura contra um grupo de adolescentes na Rocinha. O preso é pai de um dos jovens agredidos. Ele já prestou depoimento e vai responder em liberdade por tentativa de homicídio. Ainda na viatura, Fabrício Costa Manhães, tentou justificar o ato. O suposto torturador é Carlos Alexandre da Silva, 19 anos, foi socorrido e levado ao hospital Miguel Couto.