Etanol leva vantagem sobre gasolina em 4 Estados. Compare os preços

Gasolina ainda compensa na maior parte do País

Gasolina ainda compensa na maior parte do País

Marcelo D. Sants/FramePhoto/Folhapress

O etanol leva vantagem sobre a gasolina em quatro Estados do País, de acordo com levantamento do R7 com base no levantamento de preços semanal da ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) divulgado nesta sexta-feira (29).

O etanol compensa em Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais e São Paulo. No Paraná, é indiferente para o motorista escolher o etanol ou a gasolina.

Nos outros Estados, com exceção do Amapá, onde a agência não fez o cálculo do preço do etanol, e no Distrito Federal, ainda compensa a gasolina (veja preços no quadro abaixo)

O cálculo feito para comparar os dois combusíveis considera que abastecer com etanol só vale a pena quando o valor do combustível custar menos do que 70% do preço cobrado pela gasolina.

Isso ocorre porque o veículo abastecido com álcool gasta mais litros para percorrer a mesma distância equivalente ao volume utilizado de gasolina.

O combustível mais barato do País é encontrado no Estado de Mato Grosso, onde um litro sai, em média, por R$ 2,463. Já a gasolina custa, em média, R$ 3,989. Com isso, a relação fica em 61,74%.

Por outro lado, o combustível mais caro do Brasil está no Acre, onde um litro de gasolina custa, em média, R$ 4,51. Mesmo assim, a gasolina compensa, porque o álcool custa R$ 3,629 — relação de 80,3%.

No Rio de Janeiro, o motorista paga, em média, R$ 4,20 por um litro de gasolina e R$ 3,19 por um de álcool. Em território fluminense, o condutor deve escolher a gasolina, ainda mais vantajosa que o etanol.