Trump culpa porto-riquenhos por resposta lenta após furacão


SAN JUAN, Puerto Rico (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, no sábado, culpou diretamente os porto-riquenhos pela lenta recuperação após furacão Maria, depois que críticos reclamaram que a resposta de seu governo à situação no território norte-americano era insuficiente.
Onze dias após a tempestade devastadora aniquilar as redes elétrica, de água e de comunicações, mais de metade dos 3,4 milhões de pessoas na ilha não têm acesso a água potável e 95 por cento permanecem sem energia, de acordo com o Departamento de Defesa dos Estados Unidos.
"Eu sou uma bomba relógio à beira da explosão", disse Adeline Vazquez, 53 anos, que precisa de um ventilador para problemas respiratórios e cuja o edifício de residência na cidade ocidental de Mayaguez não tem combustível suficiente para manter um gerador 24 horas por dia
Maria, a tempestade mais poderosa que atingiu Porto Rico em quase 90 anos, destruiu estradas, dificultando...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)