Polícia já bloqueou 229 mil celulares roubados


As Polícias Civil e Militar destacam mudanças no patrulhamento das regiões de São Paulo mais visadas pelos criminosos e ações de inteligência para frear os índices de roubo de telefones celulares - em especial, a ferramenta que permite bloquear telefones roubados, inutilizando aparelhos que poderiam ser revendidos.A ferramenta exige que a vítima forneça o código Imei do telefone - uma numeração única de cada aparelho. Segundo o delegado Luiz Fernando Ortiz, da Divisão de Tecnologia da Polícia Civil, todos os códigos colhidos pela secretaria são enviados para uma "blacklist" mantida pelas operadoras de telefonia. "Informamos o código e as operadoras fazem o bloqueio", explica. Em 2017, 229,1 mil códigos foram enviados. No ano passado haviam sido 296,1 mil.
O capitão da Polícia Militar Rodrigo Cabral, da Comunicação Social da corporação, afirma que, mais do que bloquear o aparelho, esses códigos permitem que, nas ruas, os policiais identifiquem se um apa...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)