Esse caracol gigante parece saído direto de seus piores pesadelos

Esse bicho existe mesmo!

Reprodução/YouTube/ViralHog

Você provavelmente demorará coisa de dois ou três minutos para ter certeza de que está olhando pra um bicho real e não fruto de algum efeito especial esquisito e maléfico. Mas esse caracol é real: trata-se de um exemplar da espécie Archachatina marginata, conhecido por aqui como Caramujo-gigante-africano — um nome incorreto, já que caramujo vive em água doce e não é terrestre, como o caracol.

Se gostou do bicho, a história da introdução deles no Brasil como alternativa ao escargot até se tornarem pragas agrícolas nacionais, é um tanto interessante e assustadora.

Segundo o Digg, esse exemplar está no limite de tamanho já observado da espécie: 18 cm e provavelmente 500 g.

Caso ainda não acredite, veja essa outra imagem, do mesmo espécime de caracol, igualmente gigante. Do tamanho de um coelho pequeno, para ser exato. A imagem foi feita na Rússia, um dos únicos locais onde ter um caracol gigante de estimação não é proibido.

O motivo para proibições e o tratamento do animal como praga não envolve apenas o fato dele devorar plantações, se reproduzir tão rápido quanto coelhos e não ter muitos predadores (nas cidades, os ratos os comem e nas florestas os gambás), mas por ele ser vetor do verme causador da meningite.

VEJA TAMBÉM: Os bichos mais feios que a natureza já criou!